Como escolher sua faculdade em 5 passos

Uma das decisões mais difíceis é a decisão por qual curso escolher e, é claro, em qual área profissional seguir. Seus cabelos devem estar em pé, eu sei! Mas agora você terá algumas dicas de como escolher sua faculdade.

Primeiro pense: quais são as suas áreas de interesse? Exatas? Humanas? Biológicas? Pense em como você se dá bem com determinadas matérias da escola e outras, não. Acima disso, lembre-se das dificuldades que você poderá ter ao entrar em uma área que não se dará bem.

Se você detesta matemática, não significa que terá de abrir mão das engenharias. Mas, saber desde já que precisará ter uma estratégia de superação. Como participar de grupos de estudos, contratar um professor particular, não faltar em hipótese alguma às aulas de cálculos, fazer todos os exercícios em aula e tirar as dúvidas, assim que elas surgirem. Enfim, para alcançar nossos sonhos, às vezes, algumas tarefas exigirão maior esforço e empenho.

São diversas questões que dificultam o momento da escolha e, em uma época na qual provas e inscrições para vestibulares pipocam em sua cabeça, a decisão pode tornar tudo ainda mais difícil!

Mas vamos lá! Respire fundo e veja os 5 passos de como escolher sua faculdade!
1) Sua área de interesse
Pense nas áreas que você gostaria de cursar e trabalhar. Lembre-se de todas as suas vontades e organize-as por tipos, listando cada uma delas de acordo com o que você gosta de fazer, unindo suas habilidades às áreas de interesse.
Se você ama tecnologia e tem facilidade com cálculos – ou os enfrenta muito bem -, você sabe uma excelente área para escolher; se você gosta de escrever, sabe que a área de humanas está aberta através de diversas opções.

2) Filtre os cursos
Após decidir sua área de interesse, pesquise sobre possíveis cursos. Se você decidiu pela área mercadológica, através da comunicação, comece outra lista: a de cursos que têm a ver com o que você gostaria de estudar. Lembre-se de que você dedicará os próximos anos de sua vida ao curso que melhor encaixar em seu perfil.

3) Pense no que gostaria de estar fazendo em 10 anos
É justamente pensando nos próximos anos de sua vida que você deverá refletir sobre este tópico. Pense em três cursos pelos quais você ainda está em dúvida e se imagine cursando, estagiando e trabalhando efetivamente em cada um deles. Imagine as possibilidades para os próximos 10 anos de sua vida e reflita: você estará feliz? Estará se realizando? Uma grande fragilidade para o jovem é a dificuldade de fazer planejamento a longo prazo.

4) Selecione as melhores instituições
As melhores instituições, de acordo com a qualidade de cada uma delas e com o seu bolso, deverão ser listadas e colocadas à tona na hora das inscrições para os vestibulares. Foque nas instituições onde você, de fato, se imagina estudando.

5) Eliminação
Cada tópico aqui será concretizado com a eliminação de opções que não têm a ver com o que você quer fazer. Ao final, após um trabalho de reflexão sobre o seu futuro, você deverá chegar à lista final e, dessa forma, se decidir como escolher sua faculdade e planejar seu futuro.
Porém, há uma forma ainda mais concreta para você alcançar o sucesso em suas escolhas: incluir um profissional em orientação vocacional para te ajudar a traçar o seu projeto de vida e ter a certeza de que fará uma excelente jornada.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.